Tipos de amor mencionados na Bíblia

Por <b>Rodrigo Silva</b>

Por Rodrigo Silva

Arqueólogo

O amor é um mistério e um sonho para muita gente. Todos desejamos ser amados, receber carinho, abraços, um aconchego e sentir que estamos protegidos por alguém que nos quer bem. 

Esse amor pode ser dos pais, do cônjuge, dos filhos, de amigos e, principalmente, de Deus.

amor
O amor Eros está relacionado aos casais. | Foto: Unsplash.

O mistério de amar 

O fato é que o amor não é tão simples de ser colocado em prática. Apesar de nós, cristãos, soltarmos suspiros toda vez que lemos 1 Coríntios 13 (principalmente os mais românticos), amar e ser amado é um desafio diário.

 

“Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.” – 1 Coríntios 13:1-3

 

Como lemos no trecho acima, podemos ser muita coisa, mas se não tivermos amor, de nada vale. Não à toa, encontramos uma vasta literatura que reflete sobre o tema e seus mais variados significados, sentidos e aplicações.

 

Neste texto, nosso foco é compreender os quatro tipos de amor mencionados nas Escrituras Sagradas: Ágape, Eros, Storge e Philia. Cada um representado por uma forma única de amar e  descrito em diferentes contextos e passagens bíblicas.

 

Amor Ágape

Ágape (αγάπη, em grego antigo) é o amor perfeito e incondicional de Deus. Esse termo aparece mais de trezentas vezes no Novo Testamento. 

 

É esse amor que está descrito em 1 Coríntios 13, como justo, paciente, bondoso, que não busca interesses próprios, tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta. Impactante, não é mesmo? Deus nos ama de um modo infinito, um amor que jamais acaba.

 

O amor Ágape ensina-nos que devemos amar os outros de forma altruísta, sem desejar algo em troca do carinho que damos ou do bem que fazemos. Por isso, veja, abaixo, mais alguns exemplos desse grandioso e poderoso amor:

 

  • João 3:16 – “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
  • Romanos 5:8 – “Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.”

 

Amor Eros

Eros (ἔρως, em grego antigo) é o amor romântico entre um homem e uma mulher. Ele pode ser apaixonado e até sensual, pois inclui a relação íntima e o envolvimento físico e emocional de um casal.

 

Nesse caso, busca-se satisfazer os desejos com quem mais se ama. Por isso, para nós cristãos, ele é aflorado no casamento, pois é o momento em que nos unimos em aliança com o marido ou a esposa e experimentamos esse tipo de amor mais carnal.

 

No amor Eros, duas pessoas amam-se com intensidade e, por se amarem, fazem um voto sagrado diante de Deus. Esse amor é bom, um presente de Deus para todos nós, e deve ser aproveitado no tempo certo.

 

O livro Cantares de Salomão, também conhecido como Cânticos, por exemplo, retrata bem esse amor entre homem e mulher, pois possui poemas que expressam com intensidade a paixão entre um casal. Por exemplo, no capítulo 1, verso 2, diz: “Beije-me com os beijos da sua boca; porque melhor é o teu amor do que o vinho.”

 

Em Provérbios 5:18-19 também encontramos uma passagem sobre esse assunto: “Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, corça de amores e gazela graciosa. Saciem-te os seus seios em todo o tempo; e embriaga-te sempre com as suas carícias.”

 

Amor Storge 

Storge (στοργή, em grego antigo) é o amor pelos familiares, amigos e pessoas próximas, costuma ser natural e instintivo, baseados em laços desde o nascimento. 

 

É interessante refletirmos que Deus também sente esse amor por nós, afinal, como diz em 1 João 3:1, quando uma pessoa aceita Jesus ela passa a ser parte da família do Pai Celestial, pois chama-nos de filhos.

 

Devemos seguir os dois mandamentos citados em Mateus 22:37-39, pelo próprio Senhor Jesus, de amar a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. Na Bíblia Sagrada, esse tipo de amor é citado em diversos momento, como, por exemplo:

 

  • Efésios 6:1-4 – “Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra teu pai e tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor.”
  • Tito 2:4 – “para que ensinem as mulheres novas a amarem aos seus maridos, e filhos.”

 

Amor Philia

Philia (φίλος, em grego antigo) é o amor fraternal, a amizade entre as pessoas. Em geral, está relacionado às nossas afinidades com os outros, bem como a lealdade. 

 

As Escrituras Sagradas nos encorajam a demonstrar amor uns pelos outros, a construir laços fortes, relacionamentos de apoio e encorajamento mútuo.

 

Em João 15:12-14, Jesus Cristo afirma: “O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros,assim como eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos. Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando.”

 

Outra passagem interessante sobre o tema está em Provérbios 17:17 – “Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão.” Ou seja, ser leal aos amigos, ter e ser apoio espiritual para os momentos bons e maus é importante para vivermos bem.

 

O que Jesus disse sobre o fim dos tempos?

Inscreva-se no evento online “O que Jesus disse sobre o fim dos tempos?”. Dia 06/06/2024 às 19h! Totalmente gratuito.

Clique aqui e inscreva-se!

 

Os quatro amores segundo as Escrituras

Como reflete C.S. Lewis, na obra Os quatro amores (Thomas Nelson Brasil, 2017): “precisamos dos outros, física, emocional e intelectualmente; precisamos dos outros se queremos saber qualquer coisa, até de nós mesmos.” Esses quatro amores: Ágape, Eros, Storge e Philia, ensina-nos sobre diversos aspectos e expressões da vida humana. Cada um com sua devida importância, valor e significado.

 

Conhecer as Escrituras Sagradas é mais do que decorar versículos e aprender o que é pecado ou não. Por isso, estudar a Bíblia comentada com Rodrigo Silva vai lhe ajudar a entender cada contexto bíblico de forma profunda e confiável, desde assuntos como Arqueologia, História, tempos bíblicos e muito mais. 

 

A cada aula você vai se apaixonar ainda mais e, quem sabe, aprender a amar a Deus e ao próximo com gratidão no coração!

 

Aprenda mais sobre a Bíblia

Por aqui, não há limites para se aprofundar nas Escrituras Sagradas. Inscreva-se abaixo para receber conteúdos sobre a Bíblia, a Arqueologia e muito mais.

11 respostas

  1. Gostei muito da matéria, conteúdos como esses enriquece nosso conhecimento. Caro irmão em Cristo Jesus Rodrigo Silva, já te acompanho a tempos e sou muito grato a Deus,pela sua pessoa seus estudos já foram grandes resultados para meus sermões na igreja,Deus abençoe sempre sua vida.

  2. Deus te deu sabedoria como sementes, continue plantando, conhecimento da palavra de Deus com sabedoria que nasce do temor a Deus. Deus te ilumine proteja e abençoe!

  3. Conteúdo edificante, louvado seja Deus por isso e pela generosidade do pastor Rodrigo em compartilhar conhecimentos que Deus tem lhe dado.
    Deus continue lhe abençoando pastor.
    A paz seja convosco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ CONTEÚDO
pedras
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
As pedras do templo em Jerusalém

Você sabia que as antigas pedras do Templo de Jerusalém têm muito a nos contar sobre a história bíblica? Vamos embarcar em uma jornada fascinante

Ler mais »
Davi e Jônatas
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
A amizade de Davi e Jônatas

Entre as muitas histórias da Bíblia, a amizade entre Davi e Jônatas destaca-se por seu profundo impacto emocional e moral. Eles não eram apenas amigos;

Ler mais »
Oseias
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
Quem foi Oseias?

Oseias é um persongem na Bíblia, conhecido por sua mensagem impactante sobre o amor incondicional e a fidelidade de Deus ao Seu povo. Neste blog,

Ler mais »
cafarnaum
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
Cafarnaum: O Endereço de Jesus

No início de Seu ministério público, Jesus fez uma mudança significativa em sua residência, deixando Nazaré para viver em Cafarnaum. Essa transição é marcada pelo

Ler mais »
judeia
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
Como Roma invadiu a Judeia?

Em 63 a.C., Roma invadiu Israel e dominou Jerusalém, lançando o povo judeu em uma era de incertezas e revoltas constantes. Neste artigo, exploraremos o

Ler mais »
lei
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
O principal mandamento da Lei

Nos Evangelhos, há um momento crucial em que um doutor da lei se aproxima de Jesus com uma pergunta desafiadora: “Qual é o principal mandamento

Ler mais »