Túnel de Ezequias: Uma Descoberta Histórica na Antiga Jerusalém

Por <b>Rodrigo Silva</b>

Por Rodrigo Silva

Arqueólogo

Em 1880, um grupo de garotos palestinos, escapando da rotina escolar, decidiu aproveitar o dia ensolarado para nadar no tanque de Siloé, um antigo reservatório localizado na parte sul de Jerusalém. O que era para ser um momento de diversão adolescente se transformou em uma descoberta histórica.

tunel de ezequias
Reservatório de Siloé, onde o Túnel de Ezequias encerra | Imagem: Istock

A Curiosidade que Revelou um Segredo Milenar

 

Enquanto brincavam nas águas do tanque de Siloé, os garotos notaram algo incomum dentro do aqueduto que abastecia o tanque. Eles avistaram sinais gráficos intrigantes, e essa descoberta logo chamou a atenção do explorador Conrad Schick, presente na região naquela época.

 

A Antiga Inscrição 

 

Conrad Schick, movido pela curiosidade, adentrou o túnel com um lampião e localizou a inscrição antiga, escrita em paleo-hebraico. Essa inscrição narrava detalhes surpreendentes sobre a construção do túnel, revelando que os escavadores encontraram-se no meio do túnel após um pequeno erro de cálculo.

 

O Túnel de Ezequias na História Bíblica

 

A inscrição confirmava os relatos bíblicos sobre o túnel de Ezequias, mencionando a construção durante o cerco de Senaqueribe a Jerusalém. Esse evento histórico, mencionado em 2 Crônicas 32:2-4, tornou-se um marco na história da cidade.

 

Inscrição Perdida e Recuperada

 

Infelizmente, uma parte da inscrição foi danificada por um negociante de antiguidades em busca de lucro. A pedra foi confiscada pelo governo turco da época e hoje está no Museu Arqueológico de Istambul, na Turquia. No entanto, a importância da inscrição perdida foi resgatada graças a estudos modernos.

 

A Confirmação Científica da Idade do Túnel

 

Apesar das controvérsias entre minimalistas e defensores da narrativa bíblica, em 2003, uma pesquisa científica utilizando radiometria e carbono 14 confirmou a datação do túnel de Ezequias por volta de 700 a.C. Essa descoberta trouxe respaldo histórico às narrativas bíblicas sobre a construção do túnel.

 

Contribuição dos Pesquisadores

 

Os doutores Amos Frumkin, Aryeh Shimron e Jeff Rosembaum foram fundamentais na pesquisa que esclareceu a verdadeira data da inscrição e confirmou a história do túnel de Ezequías conforme relatada nas Escrituras.

 

A história do túnel de Ezequias é um exemplo fascinante de como descobertas acidentais podem revelar segredos antigos e corroborar eventos históricos significativos. Essa evidência arqueológica não apenas enriquece nosso conhecimento sobre o passado, mas também ressalta a importância dessas descobertas para a comprovação das histórias bíblicas.

 

Continue aprendendo

Você se interessa por Arqueologia Bíblica? Conheça o livro Escavando a Verdade! Nele você encontra história de descobertas como a do Túnel de Ezequias.

 

Clique aqui e adquira o seu livro!

Aprenda mais sobre a Bíblia

Por aqui, não há limites para se aprofundar nas Escrituras Sagradas. Inscreva-se abaixo para receber conteúdos sobre a Bíblia, a Arqueologia e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ CONTEÚDO
pesca maravilhosa
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
A Pesca Maravilhosa

Na Bíblia, encontramos diversos relatos dos milagres realizados por Jesus durante seu ministério terreno. Cada um desses milagres nos revela verdades profundas sobre o caráter

Ler mais »
laquis
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
C. C. Torrey e as Cartas de Laquis

Você já se pegou assistindo um acadêmico respeitado desafiando a veracidade de uma passagem da Bíblia na TV? Como você reage a isso? É compreensível

Ler mais »
profetas menores
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
Profetas Menores – Parte 1

Os livros dos Profetas Menores contemplam 12 escritos de profetas diferentes. Não se engane pelo nome, esses livros são extremamente importantes, e o título de

Ler mais »
sonho de faraó
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
O sonho do Faraó

Na saga de José, o rei do Egito conhecido como Faraó permanece como uma figura misteriosa e recorrente. Apesar da frequente menção a “Faraó” nas

Ler mais »