Onde fica o Monte Sinai

Por <b>Rodrigo Silva</b>

Por Rodrigo Silva

Arqueólogo

O Monte Sinai é um lugar marcante na história bíblica, conhecido por ser o lugar onde Moisés recebeu as Tábuas da Lei. Localizado na Península de Sinai, no Egito, é considerado sagrado pelas religiões judaica e islâmica também. Com uma altitude de 2285 metros, o monte é composto por um pico de granito, sendo cercado por desertos montanhosos e recifes de corais. Nessa matéria, abordarei sobre onde fica o Monte Sinai e quais são suas características.

 

O Monte Sinai. | Foto: Freepik.

 

O Monte Sinai

O Monte Sinai também é um importante ponto turístico, atraindo milhares de visitantes anualmente para sua beleza natural e sua riqueza histórica. A caminhada até o cume é um desafio físico, mas a vista espetacular no topo vale a pena.

 

O que fazer ao visitar Monte Sinai 

Uma das principais atividades para quem visita o Monte Sinai é a trilha até o topo do monte para ver o nascer do Sol. A trilha é composta por 6 quilômetros de subida leve, que pode ser feita a camelo ou a pé, e mais 750 degraus que precisam ser percorridos andando até chegar ao topo. Ao final da trilha, é possível apreciar uma paisagem deslumbrante despontando das montanhas e conhecer a Capela da Santíssima Trindade. A chegada ao topo do monte também pode ser feita pela escadaria conhecida como Caminho de Moisés, composta por mais de 3 mil degraus, sendo uma caminhada que pode ser feita em menos tempo, mas é mais difícil de ser realizada.

 

Monastério de Santa Catarina 

Outra atividade imperdível é a visita ao Monastério de Santa Catarina. Construído por volta do ano 530 d.C. por ordem do imperador bizantino Justiniano, o Mosteiro de Santa Catarina, localizado na Península do Sinai, na entrada de um desfiladeiro ao pé do Monte Sinai, é considerado o mais antigo mosteiro cristão ainda em funcionamento no mundo. A moderna cidade de St. Catherine, no Egito, está localizada a uma altitude de 1550 metros e o mosteiro é greco-ortodoxo e é um Patrimônio Mundial da UNESCO. Em 1971, um incêndio devastador no mosteiro levou à descoberta de 1100 manuscritos, incluindo um palimpsesto manuscrito com um roteiro desconhecido dos caucasianos-albaneses.

 

A península do Sinai é acessível por duas rotas principais para o cume: uma é a mais longa e rasa, Siket El Bashait, e a outra é mais íngreme e direta, Siket Sayidna Musa, que é composta por 3750 “passos de penitência” na ravina atrás do mosteiro. No cume da montanha, há uma mesquita ainda usada pelos muçulmanos, bem como uma capela grega-ortodoxa construída em 1934 sobre as ruínas de uma igreja do século XVI. A capela abriga a rocha que é considerada a fonte para as tábuas de pedra bíblicas. Na cimeira também está a “Caverna de Moisés”, onde Moisés teria supostamente esperado para receber os Dez Mandamentos.

 

Além de sua importância histórica e religiosa, o Mosteiro de Santa Catarina também é um lugar de beleza natural, com vistas deslumbrantes da Península do Sinai e sua fauna e flora únicas. O mosteiro é administrado por monges ortodoxos cristãos e conta com a segunda maior coleção de pinturas e pergaminhos do mundo, depois do Vaticano.

 

Em resumo, o Mosteiro de Santa Catarina é um local de grande importância histórica e religiosa, além de ser um Patrimônio Mundial da UNESCO. Ele é conhecido por ser o mais antigo mosteiro cristão em funcionamento no mundo e por abrigar uma importante coleção de manuscritos, incluindo um roteiro desconhecido dos caucasianos-albaneses. Além disso, o Mosteiro oferece belas vistas da Península do Sinai e é um lugar para se conectar com a história, arte e fé.

 

O Monte Sinai na Bíblia

De acordo com o livro do Êxodo, Moisés fica no topo da montanha por 40 dias e 40 noites, durante os quais recebe instruções de Deus sobre como guiar o povo de Israel e como construir o Tabernáculo, que seria o local de adoração do povo de Israel no deserto e habitação de Deus no meio de seu povo.

 

Enquanto Moisés estava no monte, o povo de Israel começa a se rebelar e a fazer um bezerro de ouro para adorar. Quando Moisés desce da montanha e vê isso, ele fica furioso e quebra as Tábuas da Lei. Ele volta a subir a montanha para receber novas tábuas e continuar as instruções de Deus.

 

Ao descer novamente, Moisés traz as novas tábuas e passa a liderar o povo de Israel no cumprimento dos mandamentos de Deus e na construção do Tabernáculo. A história de Moisés no Monte Sinai é considerada um marco fundamental na história da relação entre Deus e o povo de Israel.

 

Lições do monte Sinai 

A Bíblia comentada com Rodrigo Silva 

Se você deseja se aprofundar no estudo e compreensão da Palavra de Deus, eu posso te ajudar a alcançar esse objetivo através do meu curso “A Bíblia Comentada“. Neste curso, você terá acesso a aulas semanais ministradas por mim, onde poderá aprender sobre o contexto histórico e literário da Bíblia e como aplicá-la em sua vida. Além disso, a plataforma conta com aulas gravadas disponíveis, utilizando uma metodologia desenvolvida por mim, para ajudá-lo a crescer espiritualmente e em conhecimento, de modo que você possa não apenas compreender, mas também compartilhar sua fé com confiança.

 

Aprenda mais sobre a Bíblia

Por aqui, não há limites para se aprofundar nas Escrituras Sagradas. Inscreva-se abaixo para receber conteúdos sobre a Bíblia, a Arqueologia e muito mais.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ CONTEÚDO
mistério
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
O Maior Mistério da Humanidade

Qual é o maior mistério:   Por que fazemos as escolhas que fazemos?   Estamos predestinados e nosso futuro já está escrito?   Todos temos

Ler mais »
encontros
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
Os encontros inusitados de Jesus

Se há algo que ressoa profundamente na narrativa bíblica são os encontros inusitados que Jesus teve durante seu ministério terreno. Cada um desses encontros não

Ler mais »
espirito santo
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
Quem é o Espírito Santo?

Você já parou para pensar sobre o papel do Espírito Santo na fé cristã? É um tema intrigante e muitas vezes controverso, especialmente quando consideramos

Ler mais »
como o prato que retine
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
“Como o prato que retine”

Um dos instrumentos musicais presentes no acervo do MAB é uma peça de bronze grego, que funcionava como um prato de banda, mas em uma

Ler mais »
tempo
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
Eclesiastes 3

Na Bíblia nós encontramos diversas passagens que não precisam de maiores explicações, elas por si só já podem expressar a mensagem por completa. Um dos

Ler mais »
Natal
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
Reflexão de Natal

O Natal, é motivo de felicidade, para alguns, é um momento esperado, enquanto para outros, acentua os sentimentos de depressão. Até pessoas que não têm

Ler mais »