Narrativa do Apocalipse

Por <b>Rodrigo Silva</b>

Por Rodrigo Silva

Arqueólogo

Para compreender plenamente a estrutura e a ordem cronológica do livro do Apocalipse, é fundamental perceber que o livro não segue o padrão linear ocidental de início, meio e fim. Em vez disso, ele emprega uma abordagem não linear, mais comum em culturas orientais, com o objetivo de facilitar a memorização e transmitir sua mensagem de maneira mais eficaz.

narrativa
O livro do Apocalipse segue uma narrativa não linear | Foto: Pexels

Contextualizando

 

Vamos comparar essa abordagem à contação de histórias. No Ocidente, uma história típica seguiria uma narrativa linear, como: “Maria viu João, Maria namorou João e eles se casaram”, onde a história tem um início, um meio e um fim. Contudo, no Oriente, a narrativa seria contada de forma mais repetitiva, como: “Maria viu João, eles se apaixonaram, namoraram, casaram e permaneceram juntos desde que se viram”. Aqui, a história é revisitada e reforçada repetidamente, como se estivéssemos subindo uma escada e depois descendo, reforçando os detalhes iniciais.

 

Ordem dos Eventos

 

O livro do Apocalipse segue esse padrão de repetição, onde a narrativa não é contada de maneira estritamente linear, mas sim em ciclos que revisam e ampliam os detalhes. Vamos explorar a ordem dos principais acontecimentos no livro do Apocalipse sob essa ótica:

 

1. Promessa da Nova Jerusalém

 

O livro do Apocalipse começa com a promessa da Nova Jerusalém, que é reiterada ao final de cada uma das sete cartas às igrejas. Essas cartas narram a trajetória do Povo de Deus.

 

2. Juízos e Selos/Trombetas

 

Em seguida, o livro explora os juízos que ocorrerão no mundo até a volta de Jesus, dividindo-os em duas formas: os Sete Selos e, posteriormente, as Sete Trombetas.

 

3. Ápice do Livro

 

O ponto culminante do livro apresenta a narrativa da mulher que luta contra o dragão, a ascensão de duas bestas do Apocalipse e a seleção dos 144.000 vencedores. Eles são encarregados de proclamar uma Tríplice Mensagem ao mundo.

 

4. Sete Pragas e Sete Trovões

 

Após o ápice, o livro aborda as sete pragas que ocorrerão antes da volta de Jesus, seguidas pelos sete trovões.

 

5. Nova Jerusalém Final

 

O livro encerra com uma nova visão da Nova Jerusalém, reafirmando a promessa do início.

 

Repetição da narrativa

 

Essa estrutura é repetida e revisada várias vezes ao longo do livro do Apocalipse, como se estivéssemos subindo e descendo uma escada, enfatizando e ampliando os detalhes de cada visão.

 

Isso é típico do estilo literário apocalíptico, projetado para enfatizar a mensagem e facilitar a memorização em uma cultura onde a escrita e a leitura eram menos difundidas. É importante reconhecer essa abordagem não linear e repetitiva para estudar o livro de forma completa e compreender suas passagens. 

 

Aprenda mais sobre a Bíblia

Por aqui, não há limites para se aprofundar nas Escrituras Sagradas. Inscreva-se abaixo para receber conteúdos sobre a Bíblia, a Arqueologia e muito mais.

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ CONTEÚDO
maria
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
A verdade sobre a virgindade de Maria

Hoje, quero convidá-los a embarcar em uma reflexão profunda sobre um tema de debate da fé cristã: a virgindade de Maria. Vamos explorar juntos as

Ler mais »
Deus
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
A História do Povo de Deus

Deus chamou um povo para ser luz em meio a um mundo de trevas. Sem orgulho ou vaidade, cada uma das pessoas chamadas por Ele

Ler mais »
Natal
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
Reflexão de Natal

O Natal, é motivo de felicidade, para alguns, é um momento esperado, enquanto para outros, acentua os sentimentos de depressão. Até pessoas que não têm

Ler mais »
artefato
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
Artefato de Leite e Mel

A série Tesouros do MAB apresenta artefatos do acervo do Museu de Arqueologia Bíblica e apresenta sua ligação com as histórias bíblicas! A série de

Ler mais »
rute
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
Rute: uma jornada de fidelidade

Ao folhear as páginas da Bíblia, encontramos histórias que transcendem os séculos, inspirando gerações com seus ensinamentos intemporais. Uma dessas narrativas fascinantes é a história

Ler mais »