Conheça quais foram as dez pragas do Egito e seus significados

Por <b>Rodrigo Silva</b>

Por Rodrigo Silva

Arqueólogo

Existem diversos eventos narrados na Bíblia, mas um dos que têm mais destaque no Velho Testamento diz respeito às dez pragas do Egito. Esse evento ocorreu quando Deus enviou pragas ao povo egípcio para que o faraó libertasse o povo hebreu. Se você tem interesse em conhecer mais sobre as dez pragas do Egito e seus significados, siga em frente com a leitura.

 

Em qual livro da Bíblia esse evento é narrado? 

O livro bíblico que narra o evento das dez pragas do Egito é o Êxodo. Trata-se do segundo livro do Antigo Testamento da Bíblia Sagrada cristã e narra a história do povo israelita que foi escravizado no Egito, e como Deus os libertou por meio de Moisés.

 

O livro de Êxodo é frequentemente citado como uma narrativa que trata de libertação e salvação. Outro detalhe de destaque do livro de Êxodo é a revelação do nome de Deus a Moisés, além da entrega da Lei no Monte Sinai.

 

Deserto

Egito, cenário de alguns trechos da Bíblia. | Foto: Freepik.

Qual foi o motivo para que Deus enviasse as dez pragas do Egito? 

O envio das dez pragas do Egito por Deus tinha o propósito de demonstrar o alcance de seu poder e controle sobre todas as coisas. Os egípcios haviam escravizado o povo israelita e se recusavam a deixá-los partir, apesar dos inúmeros pedidos de Moisés em nome de Deus. As pragas foram enviadas para convencer o faraó a deixar os israelitas irem embora e também para mostrar ao povo do Egito que o Deus dos israelitas era o verdadeiro Deus e o governante sobre tudo na Terra.

 

Além disso, as pragas do Egito também foram uma resposta à opressão e aos maus-tratos que os israelitas haviam sofrido no Egito, mostrando a justiça de Deus e seu amor por seu povo. Embora as pragas do Egito fossem um ato de julgamento divino, elas também foram um meio de libertação e salvação para os israelitas, que finalmente foram libertados da escravidão.

 

As dez pragas do Egito e seus significados 

Listadas a seguir estão as dez pragas do Egito e seus significados:

  1.   Água transformada em sangue: A transformação da água do Nilo em sangue matou todos os peixes e a tornou imprópria para beber. Isso demonstrou o poder de Deus sobre o rio, que era adorado pelos egípcios como uma divindade.
  2.   Rãs: O Egito foi infestado por rãs, que invadiram casas e templos. Isso mostra que Deus tem o poder de inundar o Egito com pragas, e também foi um sinal do fracasso dos deuses egípcios em proteger o povo.
  3.   Piolhos: O pó da terra se transformou em piolhos, que cobriram tanto os egípcios quanto os animais. Isso mostrou que Deus tinha controle sobre todas as coisas, e mais uma vez demonstrou a incapacidade dos egípcios de se defenderem..
  4.   Moscas: O Egito foi infestado por moscas que perturbaram as pessoas e os animais. Isso mostrou que Deus poderia ter controle sobre todas as criaturas e que os deuses egípcios eram impotentes para impedir a invasão.
  5.   Matança do gado: Os animais dos egípcios foram atingidos por doenças, matando muitos deles. Isso mostrou o poder de Deus sobre a criação e também serviu como um aviso para o faraó que ele poderia perder seus bens e fontes de alimento se continuasse se recusando a libertar os israelitas.
  1. Úlceras: Tanto os humanos quanto os animais foram atingidos por úlceras que causavam muita dor. Isso mostrou o poder de Deus sobre a saúde e o corpo humano.
  2. Granizo: A chuva de granizo, junto com trovões e raios, danificou as colheitas e as casas. Mostrando como Deus podia controlar o clima e também foi um aviso para o faraó de que ele poderia perder sua riqueza.
  3. Gafanhotos: Os gafanhotos invadiram o Egito e destruíram tudo o que estava na sua frente. Isso mostrou o poder de Deus sobre as colheitas e a comida.
  4. Escuridão: Uma escuridão total cobriu o Egito por três dias. Isso mostrou o poder de Deus sobre a luz e a escuridão, e também foi um sinal da soberania divina sobre todos os deuses egípcios.Quer saber mais? Eu tenho um vídeo sobre isso em meu canal!
  5. Morte dos primogênitos: Deus fez com que todos os primogênitos egípcios fossem mortos, enquanto os israelitas foram poupados. Demonstrando o poder de Deus e sua disposição de proteger e salvar seu povo escolhido.

 

Quais foram as consequências do evento? 

Após saber o que são as dez pragas do Egito e seus significados, precisamos entender que alguns desdobramentos ocorreram, como a libertação do povo hebreu e a travessia do mar vermelho. Observe a lista abaixo para entender:

  1.     A Páscoa: Deus instruiu os hebreus a celebrarem a Páscoa como uma comemoração da libertação da escravidão egípcia. Eles foram instruídos a marcar as portas de suas casas com o sangue de um cordeiro para evitar a morte dos primogênitos.
  1. A partida do Egito: Após a décima praga, o faraó permitiu que os hebreus partissem do Egito. Eles deixaram o país em grande número, carregando consigo os restos mortais de José, um dos patriarcas hebreus, como havia sido prometido a ele, e muitos objetos de ouro e prata
  2. A travessia do Mar Vermelho: Quando o faraó se arrependeu de permitir a partida dos hebreus, ele enviou seu exército atrás deles. Deus abriu o Mar Vermelho para os hebreus passarem e fechou-o sobre o exército egípcio, afogando-os.
  3. A entrega da Lei no Monte Sinai: Deus guiou os hebreus até o Monte Sinai, onde entregou a Moisés os Dez Mandamentos.
  4. A construção do Tabernáculo: Os hebreus construíram o Tabernáculo, um santuário móvel onde Deus poderia habitar e onde os sacerdotes poderiam oferecer sacrifícios.

 

A História do Povo de Deus: Rodrigo Silva

Se você tem interesse em expandir seu repertório no conhecimento de Deus e de Sua palavra, e quer conhecer mais sobre outros assuntos como este relacionado às dez pragas do Egito e seus significados, recomendamos o curso “A História do Povo de Deus”. Ao participar desse curso, você tem acesso a aulas com qualidade cinematográfica e aprende mais do contexto bíblico, além de lugares inéditos que lhe ajudarão a interpretar e compreender a Bíblia nos dias atuais. A plataforma conta com todas as aulas já gravadas, com uma metodologia desenvolvida para auxiliá-lo em seu crescimento espiritual.

 

Aprenda mais sobre a Bíblia

Por aqui, não há limites para se aprofundar nas Escrituras Sagradas. Inscreva-se abaixo para receber conteúdos sobre a Bíblia, a Arqueologia e muito mais.

15 respostas

  1. Como é interessante o modo de DEUS agir em nossas vidas. E como ELE tem nos guardado do mal. Passamos por momentos difíceis, podemos até cair, mas ELE nos sustenta. O exemplo de Moisés no capitulo 17: 10-13, quando estamos com o nosso coração, joelhos e mãos levantadas para DEUS clamando por seu socorro, ELE envia e permite que sobrevivamos as tempestades, os obstáculos e tudo que vier para nos abater e não seguir o caminho que ELE nos mostra. Amo as aulas do prof. Rodrigo Silva e de sua equipe. Sou aluna da bíblia comentada e da História do povo de DEUS e dos demais cursos.

  2. Boa noite professor Rodrigo,suas mensagens são esclarecedoras muito importante, quero continuar recebendo os estudos para o meu crescimento espiritual, aprendendo da maneira certa para mim e para compartilhar com outras pessoas 👏👏👏🌻

  3. Estou cada dia abrindo meus olhos espiritual …pois o conhecimento faz essas coisas maravilhosas …só agradecer ,,pelo carinho e essa oportunidade única ..vou agara ..Deus abençoe a todos do menor ao maior .🔥🙌

  4. Sou aluna já inscrita no curso com Rodrigo Silva, e sou apaixonada no s estudos da Bíblia , sobre a libertação do povo de Israel, e toda sua trajetória até a Canaã, que aprender mais grato pela sua dedicação ao nos ensinar na arqueologia biblica

  5. Nesse mundo polarizado de hoje, quanto mais materiais como esse melhor para despertar nas novas gerações o que e amor e respeito a Deus. Pois só assim terão um mundo melhor. Parabéns Rodrigo Silva

  6. Nesse mundo polarizado de hoje, quanto mais materiais como esse melhor para despertar nas novas gerações amor e respeito a Deus. Pois só assim terão um mundo melhor. Excelente artigo.

  7. Em um outro estudo que fiz alguns anos, as pragas também era um ataque direto a cada dinvindade egípcia!
    Adorei o comentário, e cada significado de cada praga enviada por Deus contra o Egito.

  8. Deus controla tudo com uma linha imaginária, movimentando os povos de acordo com a Sua vontade.Todos são iguais perante ele, tanto o Faraó, como o escravo. Todos são pó. Sou aluna do Prof. Rodrigo Silva e estou me aprofundando, com ele, nos textos sagrados, dando-me uma nova visão, jamais imaginada. Sou muito grata.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ CONTEÚDO
cafarnaum
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
Cafarnaum: O Endereço de Jesus

No início de Seu ministério público, Jesus fez uma mudança significativa em sua residência, deixando Nazaré para viver em Cafarnaum. Essa transição é marcada pelo

Ler mais »
textos sagrados
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
Quem escondeu os textos sagrados?

Nos tempos bíblicos, esconder objetos sagrados diante de ameaças iminentes não era incomum. Em 2 Crônicas 34:14-30, lemos sobre o momento em que Hilquias encontrou

Ler mais »
tragédias
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
Tragédias que revelam justiça

As  tragédias do Rio Grande do Sul continuam a impactar a vida de milhares de pessoas. Nas nossas orações devemos sempre lembrar dos nosso amigos

Ler mais »
roboão
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
Quem foi Roboão na Bíblia?

Roboão foi o filho de Salomão e neto de Davi, dois dos reis mais famosos de Israel. Sua história é uma mistura de poder, decisões

Ler mais »
belsazar
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
A redescoberta de Belsazar

A história da redescoberta de Belsazar é um dos capítulos mais fascinantes e surpreendentes da arqueologia bíblica. Durante anos, a existência de Belsazar foi contestada

Ler mais »
oração
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
Jesus e a oração

A chamada Oração do Senhor, também conhecida como Pai Nosso, é um dos ensinamentos mais fundamentais do cristianismo. Nos Evangelhos, encontramos duas versões dessa oração,

Ler mais »