As moedas nos tempos de Jesus

Por <b>Rodrigo Silva</b>

Por Rodrigo Silva

Arqueólogo

As moedas utilizadas nos dias de Jesus eram mais do que simples meios de troca; eram símbolos culturais e econômicos que desempenhavam papéis específicos na sociedade da época. Vamos explorar a complexidade desses valores monetários, desde o humilde cobre até as moedas mais valiosas, desvendando o contexto histórico por trás de cada uma delas.

moedas
Moeda do acervo do Museu de Arqueologia Bíblica | Foto: Acervo do MAB

O Cobre (Mateus 10:9)

 

O cobre, equivalente ao antigo “tostão” brasileiro, era uma moeda de valor insignificante. Em Mateus 10:9, Jesus aconselha Seus discípulos a não se preocuparem sequer com esse tipo de dinheiro, enfatizando a sua pouca importância.

 

Moedas de Valor

As moedas de valor eram categorizadas em três grupos distintos: as romanas, cunhadas na capital do império; as gregas, que funcionavam como moeda internacional; e as locais, produzidas por países subjugados por Roma. O uso dessas moedas tinha implicações culturais e religiosas, destacando a complexidade da sociedade da época.

 

O Leptón (Marcos 12:42; Lucas 12:59; 21:2)

 

O leptón, mencionado no Novo Testamento, era uma moeda judaica de valor quase irrisório, frequentemente associada à oferta da viúva pobre. Sua importância comercial era mínima, valendo 128 vezes menos que um denário utilizado para pagamento diário. Essa moeda é um exemplo de como pequenos valores podem carregar grandes significados.

 

A arte monetária e a Dinastia Herodiana

 

As moedas judaicas mais antigas evitavam a representação de reis para evitar a desobediência ao segundo mandamento. No entanto, durante a dinastia herodiana, observamos mudanças, com imagens de imperadores e plantas sendo retratadas, desafiando as tradições religiosas judaicas.

 

O ofício de cambista

 

A diversidade de moedas e suas diferentes procedências gerava a necessidade do ofício de cambista. No templo, esses profissionais trocavam moedas comuns por aquelas consideradas aceitáveis para uso no local sagrado. A única moeda permitida, especulada nas mãos dos cambistas, era destinada à compra de animais para sacrifícios pessoais.

 

Moedas que contam histórias 

 

É impressionante como pequenos detalhes, como as moedas, podem contar diversas histórias. Você quer se aprofundar mais nos detalhes da história bíblica? Estude com A Bíblia Comentada, assim, além de você ter o conhecimento bíblico, será guiado pela história e arqueologia. 

 

Conheça o curso clicando aqui!

Aprenda mais sobre a Bíblia

Por aqui, não há limites para se aprofundar nas Escrituras Sagradas. Inscreva-se abaixo para receber conteúdos sobre a Bíblia, a Arqueologia e muito mais.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ CONTEÚDO
pedras
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
As pedras do templo em Jerusalém

Você sabia que as antigas pedras do Templo de Jerusalém têm muito a nos contar sobre a história bíblica? Vamos embarcar em uma jornada fascinante

Ler mais »
fé e tolerância
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
Equilibrando fé e tolerância

Hoje estou aqui para compartilhar algo que tem me movido profundamente nos últimos tempos e que gostaria de discutir com todos vocês. Vamos falar sobre

Ler mais »
lei
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
O principal mandamento da Lei

Nos Evangelhos, há um momento crucial em que um doutor da lei se aproxima de Jesus com uma pergunta desafiadora: “Qual é o principal mandamento

Ler mais »
roboão
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
Quem foi Roboão na Bíblia?

Roboão foi o filho de Salomão e neto de Davi, dois dos reis mais famosos de Israel. Sua história é uma mistura de poder, decisões

Ler mais »
daniel
Devocional
Equipe Rodrigo Silva
Desvendando Daniel

O Livro de Daniel é um texto antigo que continua a inspirar e orientar os crentes hoje. Esta semana, no canal do YouTube, mergulhamos em

Ler mais »