A entrada triunfal de Jesus em Jerusalém

Por <b>Rodrigo Silva</b>

Por Rodrigo Silva

Arqueólogo

À medida que o ministério de Jesus se aproximava do seu desfecho, Ele tomou a decisão significativa de subir a Jerusalém vindo de Jericó, onde havia estado após descer da Galileia em direção ao sul. Antes de adentrar na cidade, porém, Ele fez uma parada estratégica na casa de seu amigo Lázaro, em Betânia, situada a apenas três quilômetros das muralhas da cidade, na vertente leste do Monte das Oliveiras.

entrada triunfal
Jesus foi saldado como um Rei ao entrar na cidade | Imagem: Bing Create

Preparo para a entrada triunfal

 

De Betânia, Jesus prosseguiu com seus discípulos, não apenas os doze, mas um grupo maior, até Belfagé, também conhecido como Casa dos Figos. Lá, sem entrar na aldeia, ele instruiu dois de seus seguidores a tomarem emprestado um jumentinho, em preparação para sua entrada em Jerusalém.

 

Inicialmente, os discípulos não compreenderam a razão por trás desse gesto, pois Jesus sempre evitou ser proclamado rei de forma ostensiva. No entanto, Ele estava ciente de que seu ministério estava chegando ao fim e que essa entrada marcava um ponto crucial na revelação de sua missão messiânica.

 

A proclamação do Rei

 

Acompanhado por uma comitiva de seguidores e colaboradores, Jesus montou o jumentinho e iniciou sua ascensão pelo Monte das Oliveiras. Foi nesse momento que a multidão começou a aclamá-lo como Rei dos judeus. À sua frente, outra multidão de curiosos e simpatizantes aguardava ansiosamente sua passagem.

 

É interessante notar que a entrada triunfal foi planejada em parte, já que as pessoas estendiam seus mantos e galhos de árvores como uma forma de honra e respeito, semelhante ao gesto feito quando Jeú foi proclamado rei de Israel. Esse evento marcante ocorreu em um domingo, seis dias antes da festa da Páscoa, momento em que Jerusalém estava repleta de peregrinos vindos de todas as partes para as festividades religiosas.

 

O contraste da visão de Jesus

 

Do alto do Monte das Oliveiras, Jesus teve um momento de contemplação diante do cenário de Jerusalém, especialmente destacando o Templo. Essa visão revelou um contraste marcante entre a beleza e a corrupção religiosa que caracterizavam Israel na época.

 

Este evento não apenas antecede os eventos cruciais da Semana Santa, mas também ressoa como um convite à reflexão sobre o verdadeiro significado do reinado de Jesus em nossas vidas.

Aprenda mais sobre a Bíblia

Por aqui, não há limites para se aprofundar nas Escrituras Sagradas. Inscreva-se abaixo para receber conteúdos sobre a Bíblia, a Arqueologia e muito mais.

9 respostas

  1. Shalom! Quero apenas realizar duas perguntas, primeira: quanto a visão de Jesus que revelou um contraste entre a beleza e a corrupção religiosa que caracterizavam Israel na época, após essa visão Jesus chorou visualizando a destruição de Israel ? Segunda pergunta: como surgiu a semana santa e qual sua origem? Agradeço pelas respostas.

    1. O texto Bíblico nos explica que Jesus chorou pela destruição da cidade: 41 Quando Jesus se aproximou de Jerusalém e viu a cidade, começou a chorar. 42 “Como eu gostaria que hoje você compreendesse o caminho para a paz!”, disse ele. “Agora, porém, isso está oculto a seus olhos. 43 Chegará o tempo em que seus inimigos construirão rampas para atacar seus muros e a rodearão e apertarão o cerco por todos os lados. 44 Esmagarão você e seus filhos e não deixarão pedra sobre pedra, pois você não reconheceu que Deus a visitou.” Lucas 19

      A Semana Santa é um rito religioso instaurado pelos primeiros Cristãos, como uma forma de lembrar do sacrifício de Cristo.

  2. Não tem como não acompanhar os escritos do Prof. RODRIGO, são ensinamentos a todo instante, palavras, novidaded, comprovações,arqueológicas, tudo que o povo de Deus precisa, focar naquilo que nos apraz!! Só temos a agradecer a ele, sua esposa e toda a equipe!!
    Gratidão!!

  3. Quero expressar minha gratidão e aproveitar para parabenizar-lo por seu talento e sabedoria,admiro seu trabalho,que tanto nos enriquece.
    Que Deus te abençoe e te capacite ainda mais,obrigado de todo coração.

  4. O estudo bíblico e crucial a todas as pessoas, embora, não saibamos. Não temos ideia da relevância desse conhecimento.
    O homem ainda, não reconhece Deus como único bem para toda humanidade!
    Obrigada professor Rodrigo por suas pregações, e seus ensinamentos.
    Deus abençoe sua vida e te dê longevidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ CONTEÚDO
profetas maiores
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
Profetas Maiores

Os Profetas Maiores são cinco livros: Isaías, Jeremias, Lamentações, Ezequiel e Daniel. Eles contêm as profecias e mensagens de quatro dos profetas mais conhecidos e

Ler mais »
histórias
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
Outras histórias de Cafarnaum

Cafarnaum, uma cidade que desempenhou um papel significativo nos relatos bíblicos, guarda segredos e histórias fascinantes que estão sendo desenterrados por arqueólogos e historiadores. Vamos

Ler mais »
manipula
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
Como o diabo manipula a realidade

Olá, pessoal! Hoje temos um assunto intrigante e polêmico para discutir: como o diabo manipula a realidades.. Vamos explorar juntos esse tema que confunde nossa

Ler mais »
língua
Arqueologia Bíblica
Equipe Rodrigo Silva
Que língua falava Jesus?

Muitas pessoas têm se perguntado ao longo dos séculos: que língua Jesus falava? Seria grego, hebraico, aramaico, latim? Essa questão tem gerado debates e curiosidades

Ler mais »
espirito santo
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
Quem é o Espírito Santo?

Você já parou para pensar sobre o papel do Espírito Santo na fé cristã? É um tema intrigante e muitas vezes controverso, especialmente quando consideramos

Ler mais »
paulo
Dúvidas Bíblicas
Equipe Rodrigo Silva
Paulo, o Artesão de Tendas

Na história bíblica, encontramos um personagem fascinante chamado Paulo, que desempenhou um papel fundamental na propagação do cristianismo. Além de ser um apóstolo e um

Ler mais »